Ócio Criativo: reflexão sobre um novo modelo de gestão

Roberto de Oliveira Loureiro

Resumo


A proposta deste estudo é provocar uma reflexão sobre as relações de trabalho, à luz do modelo de gestão que Domenico De Masi conceitua como Ócio Criativo. Trata-se da devida combinação e intersecção entre três variáveis: trabalho, estudo e lazer. O estudo também avalia criticamente as definições e o entendimento dos termos trabalho e emprego, conceitos ainda comumente confundidos no atual contexto organizacional. Mais do que se ater a considerações semânticas, é realizada uma análise distintiva entre os termos citados, da mesma forma que estabelece um divisor entre ócio e ociosidade. Para compor um arcabouço ainda mais crítico, foi realizado uma pesquisa bibliográfica junto a autores que expressam suas reflexões pertinentes à proposta temática central deste estudo. A partir da chamada Administração Científica, uma síntese sobre as teorias administrativas fez-se necessária no sentido de clarificar e sinalizar um posicionamento cognitivo que viabilize um melhor entendimento dos pressupostos defendidos por De Masi, modelo este que se apresenta como opção para as demandas organizacionais vigentes.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.