A responsabilidade social no processo de adoção de inovação em empresas sucroenergéticas do centro-oeste do Estado de São Paulo

Francisco José Lampkowski, Marco Antonio Martin Biaggioni, Marcelo Lampkowski

Resumo


O objetivo principal deste trabalho foi verificar a organização e influência da gestão em responsabilidade social na decisão de adoção, escolha, justificativa e implementação de inovação praticadas nas empresas sucroenergéticas do centro-oeste do Estado de São Paulo. Utilizando-se de análise multivariada de componentes principais e de agrupamentos, as variáveis foram analisadas e as empresas classificadas. Adaptado às situações contemporâneas, o modelo de taxionomias de Freeman (1975) foi o parâmetro com informações pesquisadas em entrevistas diretas por questionários semi-estruturados. As atividades investigadas foram: a existência de programas e organização para melhorias do bem-estar e qualidade de vida dos funcionários e familiares (lazer, cultura, saúde, autoconhecimento, valores, crenças etc.), programas e organização para o voluntariado social comunitário, programas e organização para o incentivo à formação de educadores e extensão de ensino e programas e organização para incentivo a pesquisa e a produção científica. Concluiu-se que as melhores empresas com posturas inovadoras são aquelas que em suas estruturas de organização, incorporaram as práticas da gestão em responsabilidade social.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.